terça-feira, 3 de novembro de 2009

Vai um querer aí?

Ele está vivendo a mesma fase que eu.
Que bom para ele.
Será que é bom insistir?
Ainda.
Fico feliz em vê-lo sem foco.
Deve lhe ser um tormento.
Não sai do lugar, nem me acompanha. Não movimento.
E eu acerto sempre no make para mais um
“Encontro e Desencontro”.
Quero tomar um banho por horas.
Chegar logo em casa.
É perto.
Sair do aperto.
Desligar o celular.
Coragem.
(Queria ter tido).
Serenidade suficiente para ficar na cama.
Faltou-me.
Amor em mim.
Não teve.
Tive.
Não há culpados entre nós.
Mas só porque 'nós' talvez  não há!

25 comentários:

  1. "Não há culpados entre nós.
    Mas só porque 'nós' talvez não há!"

    Gostei *--*
    E gostei do novo look (H)
    hehe
    beijo beijo

    Mimi

    ResponderExcluir
  2. Giovanna,

    o que eu gosto da poesia é isto: Ela é tão particular e cai como uma luva para todo mundo.

    Como não se encontrar aqui?

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. "Não há culpados entre nós.
    Mas só porque 'nós' talvez não há! "

    NOSSA.
    esse 'talvez' é o que mata.

    adorei
    ^^

    ResponderExcluir
  4. quereres eu tenho demais.. vou doar parte deles.
    e quanto a essa coisa de não existir 'nós', falei a mesma coisa ontem, em uma infeliz janela do msn.

    ótimo texto ;*

    ResponderExcluir
  5. você racionliza as palavras. Mexe com elas.
    Isso é interessante.

    abç

    Gustavo

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. "não há culpado entre nós"

    terno!

    Suas palavras dançam no ar..

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. adorei o texto perfeito e descreve o momento em que eu estou vivendo.
    vou escrever um texto hoje e como inspiração vou usar sua frase :"Não há culpados entre nós.
    Mas só porque 'nós' talvez não há!"
    Se cuida e encantador

    ResponderExcluir
  9. Adorei, companheira! como sempre, arrazando!

    ResponderExcluir
  10. Adoroo os seus textos *-* vc escreve muitooooo beem!! Esse ficou perfeitoooo!!

    ResponderExcluir
  11. " mas só porque "nós" talvez não há"

    Menina, quanta expressão em. Que bela forma de traduzir os sentimentos em palavras. Parabens ;]

    ResponderExcluir
  12. uia....o q o amor n faz ne mana...:D
    haushaush
    tu escreve bem sim
    menina prodígio ♥
    prima amadoUna!

    ResponderExcluir
  13. Adorei o jogo com os dialogos..
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. "Não há culpados entre nós.
    Mas só porque 'nós' talvez não há!"

    amei

    ResponderExcluir
  15. É duro quando se descobre que não há nós. :S

    Beijo, queridona.

    ResponderExcluir
  16. ta lindooooooooooooooo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    espero algum dia encontrar o tal do "nós" que tanto me falta.
    por enquanto, vou me prendendo aos nós dos meus cadarços

    ResponderExcluir
  17. quando pensamos que ha o nós sempre descobrimos que estamos erradas e não exte nós e sim o eu.
    obrigada pela força
    beijos

    ResponderExcluir
  18. 'Fico feliz em vê-lo sem foco'
    Uma postura tão egoísta, mas ao mesmo tempo tão humana e inevitável.
    Adorei. O texto, o blog, tudo. Só o nome já me conquistou, sou fã da Clarice.
    Tô seguindo :*

    ResponderExcluir
  19. Talvez, um dia o querer que o 'nós' venha a existir, possa se tornar real.

    foi lindo. :*

    ResponderExcluir
  20. Não estar amando, apaixonada, nem odiando alguém me impossibilita de me colocar no seu lugar, me impossibilita de sentir a poesia.
    Devo ter me tornado uma insensível.

    Mas, foi bom ter vindo aqui.
    No passado encontrei coisas que me agradaram e muito.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  21. _talvez seja melhor que nn exista esse "nós" , por agora vai achar que não , mas futuramente talvez mude de ideia.
    /* ótimo texto como sempre ~*
    Estava morrendo de saudades daqui / o novo visu tá lindo *-*
    Bjoos floor , ;*

    ResponderExcluir
  22. há de existir os contratempo sempre ...

    ---> Ele está vivendo a mesma fase que eu.
    ---> Fico feliz em vê-lo sem foco.

    é esses desencaixes , que trazem a tona , extraordinarias poesias ...rs
    Parabéns
    Abraço ;)

    ResponderExcluir
  23. "Mas só pq 'nós'talvez não há" ????????????

    ResponderExcluir