quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Doux Poème.

Hoje sou estrangeira de mim.
Já notei que testando meus limites
consigo ir ainda mais longe,
que agora o que tem inundado 
continuamente a minha alma 
além desse estado de graça que é amar,
é essa poesia viva,
presente em cada pedaço meu
que escorre em cada poro.
Eu contorno os rabiscos,vou costurando poemas,
bordando-os em mim conforme a cor dos meus dias.
Me encaixo na calma que a alma possui,
apesar de minhas ambiguidades,
permaneço debruçada por entre as janelas da alma
inclinada a favor do vento.
Vou fitando a vida com os olhos presos no acaso,
sentindo o infinito na ponta dos pés.





36 comentários:

  1. Ousar traz surpresas que as vezes nem esperamos.
    Testar limites é crescer.
    E amadurecer.

    Beijo, moça

    =)

    ResponderExcluir
  2. Giovanna, não consigo parar de te parabenizar.
    Você é incrível. Com as palavras, com as letras, com a melodia que soa por trás dos textos, com a doce voz que me vem a mente quando leio suas palavras...
    Você é linda escrevendo.
    E sempre me surpreende muito, por mais que fale da mesma coisa, é sempre diferente.
    Obrigada pelos lindos textos de sempre, flor.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  3. que lindo,acho que se desafiar é o caminho para o próprio encontro.
    adorei,beeijo

    ResponderExcluir
  4. Que belas palavras,me deu uma sensação de paz,firmeza e leveza.

    ResponderExcluir
  5. "Me encaixo na calma que a alma possui"
    Belo jogo de palavras.

    ResponderExcluir
  6. Olá.

    Nesta primeira visita,
    recolho inspiração em cada palavra.

    Textos que alimentam de modo simples e inteligente os sentidos e os pensamentos.

    Um inspirador final de semana para ti.

    ResponderExcluir
  7. Vou fitando a vida com os olhos presos no acaso,
    sentindo o infinito na ponta dos pés.

    adorei isso. tu escreve muito bem, sério.

    ResponderExcluir
  8. Também me sinto estrangeira de mim. Gostei do seu blog e das suas inspirações. :)

    ResponderExcluir
  9. linda.. sempre.

    amei!
    beijos, florzinha!

    ResponderExcluir
  10. Meus textos ainda nao chegaram a esse nível, mas um dia... um dia chegarão... Amei o seu texto e a imagem é perfeita, linda e valoriza as palavras escritas anteriormente. Mt bom mesmo!

    ResponderExcluir
  11. às vezes dá a impressão que você faz mágica com as palavras quando tento imaginar nelas sentimentos e sensações... quase que as expele no texto.

    ResponderExcluir
  12. Lindo, lindo, lindo!

    Se me permites, vou alinhavando junto...

    "que agora o que tem inundado
    continuamente a minha alma
    além desse estado de graça que é amar,
    é essa poesia viva,
    presente em cada pedaço meu"

    =]

    Beijoooooo grande, queridíssima!

    Obrigada pela visita, sempre ótima.

    ResponderExcluir
  13. E como um craque de futebol,vai driblando linhas e soltando palavras com gosto e majestade,amor é amor,enfim,bela.
    abraço !

    ResponderExcluir
  14. e não adianta, sempre nos tornaremos estrangeiros de nós mesmos..

    ResponderExcluir
  15. "além desse estado de graça que é amar,
    é essa poesia viva,
    presente em cada pedaço meu
    que escorre em cada poro."

    poxa, eu até tentei negar mais no começo, mas esse é o meu estado atual =D

    E vamos testando nossos limites, indo cada vez mais longe, deixemos a acomodação de lado...
    beijos!
    =]

    ResponderExcluir
  16. Minha menina!
    Nao sabes como é bom namorar alguem que saiba escrever bem! (L)

    "Vou fitando a vida com os olhos presos no acaso"

    Lindo de mais, e me lembra coisas!

    te amo

    ResponderExcluir
  17. Amor e poesia... combinação perfeita!
    Escreves divinamente bem!

    ;*

    ResponderExcluir
  18. Sinto muito de mim nesse post!
    Limites superados. Na verdade, essas palavras são o que à em mim, o acaso me surpreendendo e o infinito trazendo à tona tudo que meus pés conseguem até certo ponto toca-lós.

    ResponderExcluir
  19. A gente nasce pra amar, e espera tanto por esse amor, mesmo ele estando dentro da gente o tempo todo, alguém um dia trás como presente, e o mundo todo ganha mais cor.

    Muito lindo o poema.

    Beijos

    ResponderExcluir
  20. um dia alcançaremos o pico de nós :)

    ResponderExcluir
  21. olhaa , parabéns eu adorei esse texto *-*
    muito bom mesmo , é reflexivo demais pra mim !

    ResponderExcluir
  22. A gente pensa q está testando os limites. que nada. estamos apenas nos permitindo. Os limites, na verdade, nunca estiveram lá.

    ResponderExcluir
  23. Lindo demais menina,
    és encantadora de palavras (?

    ResponderExcluir
  24. Você sim escreve de forma ímpar.

    Lindo, como sempre!!!

    ResponderExcluir
  25. ow... queria tanto ter a fórmula do acaso! =)

    e ter certeza de que meu infinito não vai acabar

    *__* já disse que adoro aqui? poisé! eu adoro.

    ResponderExcluir
  26. Acho que 1.000.000.000 comentários te elogiando não iam descrever o quanto você escreve bem, de verdade. Adoro teu blog!

    "Talvez bater a porta na cara dela não seja sempre a única opção. Talvez..."
    www.mamae-dizia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  27. Adorei, que facilidade tens com as palavras, elas só esperam suas ordens e vão se encaixando uma após a outra. Parabéns mesmo!
    Acompanharei-a daqui em diante.

    ResponderExcluir
  28. me identifiquei muito com o texto *-* muilindo ;*

    ResponderExcluir
  29. Desculpa por ter sumido D: Mas o terceiro ano tem consumido meu tempo ;-; Eu também falo um pouco francês por isso que notei, eu morei na Suíça alguns anos porque meu pai é de lá :D
    Adoro seus textos! *---* E não sei se ja disse isso, mas adoro principalmente o jeito especial que você consegue terminá-los. O texto inteiro é lindo, mas o final sempre é mais bonito :D
    Beijos ;**

    ResponderExcluir
  30. Qnt conhecimento.!
    poesia viva,.

    bj. :*

    ResponderExcluir
  31. Nossa.. que lindo! PERFEITO!
    amo passar por aqui... vc escreve maravilhosamente bem! Parabéns.. sempre.
    Gracy

    ResponderExcluir
  32. somos realmente estrangeiros em nós mesmos, já q dentro de nós há um universo inteiro a ser explorado e descoberto

    ResponderExcluir
  33. Que lindo poema!! Era o poema que eu queria ter escrito!!! Porque ao lê-lo percebo que ele está dentro de mim!! Linda a forma como vc traduz o que diz a alma.

    Beijinhos

    ResponderExcluir