domingo, 14 de fevereiro de 2010

mon petit amour.







Me ama enquanto ouço a música que vem do seu sorriso?
A dor some devagar , é tudo tão rapido. 
O mundo gira e eu continuo ali, 
parada, esperando por mim mesma.
Ninguém vê, niguem sente mais nada. 
Está tudo embaçado, uma nuvem,uma ponte, 
e eu estou logo ali,na sua, na chuva, em algum lugar. 
É impossivel não se deixar levar. 
As pernas já não aguentam mais. 
O sangue flui em minhas veias, minha sensibilidade aumenta.
E você cada vez mais perto, 
e o seu sorriso permanece enquanto a musica aumenta. 
Mas eu não quero fugir amor, não, não mais. 
Tudo vai virar poesia, eu sei...
E onde está o fim? 
Talvez ali,tão perto de nós que nem se deixe perceber.
Num dia alheio como aquele em que o acaso me trouxe o 'nós',
desde então meus repentes só tendem 
a seguir o ritmo que a sua música possui,
que a sua estadia traz ,como se imitasse um espírito cansado,
na ferida que o amor acaba por fazer,de um corpo por sarar.
E nessa estrada  chamada 'Sentir' seguimos descalços assim,
acompanhando um ritmo suave,rente à passagem das horas.
Nessa dança eu me rendo,ao comprido dos seus lábios
com os olhos rasos,ao comprido da vida.


37 comentários:

  1. Ah, menina... espero que o que envolve vocês não tenha fim... tomara que não!

    :)

    ResponderExcluir
  2. Uma intensidade apaixonante.
    Lindo o que escreve.

    ResponderExcluir
  3. Que lindo *-*
    amei, amei, amei.

    bjus =*

    ResponderExcluir
  4. Nossa. A música que vem do seu sorriso. Nossa. Sem palavras.

    ResponderExcluir
  5. "As pernas já não aguentam mais.
    O sangue flui em minhas veias, minha sensibilidade aumenta."

    Inspirador, lindo e tocante!!! Fada das palavras que encanta a gente!!

    ResponderExcluir
  6. Tão apaixonante e tão lindo. Saudades de sentir isso tudo, ainda mais nessa intensidade.

    *-*

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Gostei do teu blog e da maneira intensa como que em em palavras expressas o que sentes...
    Sigo- te por aqui.
    Abraço!!

    ResponderExcluir
  8. Nossa, realmente o post mais lindo que eu li hoje.
    Está de parabéns. (L)
    Retribuindo a visita e o comentário no meu blog.
    Concerteza voltarei mais vezes.
    Já estou seguindo.
    Beijos Mil!!!! ♥

    ResponderExcluir
  9. Nossa! Eu realmente senti o seu texto.
    Todas as sensações descritas tomaram conta de mim.
    Lindo. Lindo ♥

    ResponderExcluir
  10. E Camarada eu gosto de tudo que tu escreve e mais um pouco *_*

    ResponderExcluir
  11. Tu escreves tão bem...
    Aposto que lê outros milhoes, assim como me leu!

    'Num dia alheio como aquele em que o acaso trouxe o nós...'

    Mágico... Perfeito!

    ResponderExcluir
  12. Como posso definir? É algo com que me identifico inteiramente. Suponho que não sou a única. Qualquer um que ama pode sentir o texto, porque não basta apenas ler, sentir é o todo. E o dom de um bom escritor é fazer o leitor sentir, assim como me fez. Parabéns.

    ResponderExcluir
  13. Oi, Giovanna!
    Muito gracioso, seu blog. Gostei bastante da foto principal - as sapatilhas são suas?

    beijo!

    ResponderExcluir
  14. o segredo é acompanhar o ritmo suave...
    isso, talvez seja isso!!... preciso aprender estas coisas hehe

    gostei menina!
    beijo e que tudo dê certo pra vc^^
    bom feriado!

    ResponderExcluir
  15. Beeelooo *_*
    Gosto de vir aqui quando me sinto só... me dá vontade de sonhar ^^

    ResponderExcluir
  16. Adorei tuas palavras... amei ler vc...

    Bjin

    ps: obrigada pelos parabens! ^^

    ResponderExcluir
  17. Me ama enquanto ouço a música que vem do seu sorriso?
    *------------------*
    meldels! que frase linda! amei! (:
    Beijones :*

    ResponderExcluir
  18. Obrigada por visitar meu blog e registrar, assim pude vir apreciar o teu...

    Este texto, belíssimo, o senti em minha alma, um filme em mim!

    OM SAI RAM!

    Liz

    ResponderExcluir
  19. adorei a poesia e o blog, baby.
    pra me seguir é só assinar os feeds no ícone laranja no canto superior direito do layout ok? bjus!

    ResponderExcluir
  20. é que a gente se desarma, fácil!


    beijo.

    ResponderExcluir
  21. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  22. E você ainda diz que eu escrevo bem. Você é ÓTIMA ! Parabéns pelos seus textos ! Nunca pare de escrever :)
    Vou sempre ler seu blog. E to te seguindo também :)
    Bgs :)

    ResponderExcluir
  23. isso ficou muuuuuuuito bom ._.

    obrigado pela visita

    ResponderExcluir
  24. "Tudo vai virar poesia, eu sei..."

    Eu realmente sei!
    SHAUSHUAHUSHU'

    Gostei... como sempre, muito bom!

    ResponderExcluir
  25. Parabéns Flor!!

    Que Perfeição suas letrinhas...

    Adorei cada frase, cada sentimento!!!

    Belissimo!!

    Beijo

    ResponderExcluir
  26. Ah, o seu que é ótiiiiiimo!
    As frases tem uma grande emoção por tras, adoro isso!
    Simplesmente M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O
    Estou seguindo aqui já.
    Beeijos e parabéns!

    ResponderExcluir
  27. Nossa...adorei o texto...tão lindo.

    ah...obrigada pela visita. Pretendo voltar aqui mais vezes!

    ResponderExcluir
  28. pronto, já estamos te seguindo :}
    você escreve muito!
    parabéns
    adorei o blog :}

    ResponderExcluir
  29. Quanto mais as horas passam, mais a saudade aperta, mais necessidade daquela pessoa se faz presente e o nosso presente é contagiado e, de uma forma bem lentinha, somos tomoados por uma nostalgia....uma nostalgia gostosa de ser sentida e doce de ser vivida.

    Incontáveis abraços.

    ResponderExcluir
  30. Acho que o fim não existe. Nunca existiu.
    Lindo demais o texto! Beijos, estou seguindo.

    ResponderExcluir
  31. Eu gosto de vir aqui, porque não me sinto sozinha. Você parece estar dentro de mim, menina. Sentindo tudo o que eu sinto.
    Só que tu descreves de uma forma muito mais linda e profunda, e faz com que seja mais fácil me compreender.

    Parabéns pelos lindos textos de sempre, menina.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  32. As poucos a poesia de todas os momentos, nos torna poesia de cada sentimento...
    Muito charmoso...
    Achei lindo, de verdade...

    ResponderExcluir
  33. Tu escreves muito bem,apaixonante teus posts!

    ResponderExcluir