terça-feira, 2 de março de 2010

Reação em Cadeia.

Diversas vezes tenho vontade de jogar do alto do prédio,
do quinto andar, tudo aquilo que nos restou.

Nada.


Diversas vezes tenho vontade de falar às pessoas

tudo o que eu penso delas,
de dizer na cara as verdades enxergadas, as mentiras lavadas.

Palavras.


Diversas noites tenho vontade de vomitar o jantar,

de gritar, de chorar, de abraçar alguém bem forte,

de colo, de útero, de mãe.
Desabafos.


Diversas vezes tenho nojo do Pronto- Socorro,

quero me lavar, me despir dos problemas,

me anular por algumas horas.

Fuga.


Diversos dias me encontro em completo desespero,
deitada no chão da cozinha, gelado,

de óculos escuro, sentindo o próprio pulsar.

Passa.


Diversas vezes olho para você e não vejo nada,
não quero nada e não posso te tocar.

Cegueira.


Diversas tardes chorei, chorei e chorei.

Lágrimas.


Diversas vezes busquei respostas nas histórias,
nos livros, nas palavras sábias.

Deus.


Diversas foram as vezes que eu desisti,
por poucas horas, não vi luz e quis você.

Amor.


Diversas serão as vezes que será preciso um recomeço,
aprender de novo a andar, a sentir todos os prazeres

e todas as dores que o destino guardou pra nós.

Vida.


45 comentários:

  1. Muito bom isso. Principalmente no chão da cozinha.

    ResponderExcluir
  2. Diversas vezes eu venho aqui e meus olhos se encantam, meu coração destoa, minha alma até chora.
    Poesia.

    Diversas vezes eu te leio, mesmo que tu não saibas. Faço perguntas as suas palavras para descobrir um pouco de você.
    Menina.

    Sinto sua incontrolável ânsia em viver. Desenho suas faces ao te imaginar escrevendo dos seus desejos aflitos.
    Mulher

    Comtemplo suas letras e sorrio junto ao emaranhado das palavras, assim, conheço-te um pouco, pois me identifico com tudo o que aqui vejo.
    Talento.



    Gio, minha menina/mulher/poetiza e talentosa, poucas vezes em toda a minha vida, tenho lido coisas que me fazem "sentir". Sua palavras proporcionam isso. Sua escrita é íntima. Seu talento é inquestionável. Lembra-me absurdamente Clarice, em todas as suas nuances e verdades.

    Eu adoro vir aqui. E saiba, eu nunca sai desse lugar, pois aqui há a singela e a intensidade que me inspira.

    Um beijo, minha doce Clarice!

    ResponderExcluir
  3. Já cansei de lhe dizer que quando venho aqui me encontro mais do que qualquer lugar, mas nunca me vi sentindo e falando tanta verdade.
    Você é sempre tão profunda! Obrigada, Giovanna, por sempre deixar meu dia mais bonito, mais doce, mais colorido com suas palavras. Obrigada por me fazer encontrar-me tanto por aqui. Obrigada por saber escrever tão divinamente bem.

    Parabéns, novamente (mesmo que você mereça muito mais do que um simples parabéns).
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  4. Quanta vezes vou me encantar com o que leio...
    Mágico.

    ResponderExcluir
  5. Gostei da nova cara do blog ...

    Quando você chegar onde tanto deseja me convida pra rir com vc? ( vc pode voar não me canso de dizer)

    Beeeijo amo tudo isso aqui!

    ResponderExcluir
  6. Lindíssimo!
    Adorei também a iamgem no título do blog, super bonita.

    Um beijo

    ResponderExcluir
  7. Adorei mesmo, gostaria de ter escrito isso, mas nem precisa, essa é mágia de quem escreve, exterioriza o que sente e as vezes esse sentir mesmo sendo diferente se assemelha com o sentir dos outros, vi me aqui!

    Abraços!

    Gostei do novo visual!

    ResponderExcluir
  8. "Diversas noites tenho vontade de vomitar o jantar"
    Bem tua cara * Man*
    Tá lindo isso,sério.
    beijosmeligagaga.
    Te amo e sabes disso.

    ResponderExcluir
  9. Amei, tenho vontade de me jogar, mas algo me impede!
    beijos

    ResponderExcluir
  10. Acho que a simplicidade como seleciona as palavras é que dá o toque de genialidade nos seus textos.
    Gostei muito!

    Bjos

    ResponderExcluir
  11. Nossa... Que perfeito!!!!

    Simplesmente estou encantada com tudo o que li por aqui... Me encontrei em cd palavra...
    Mil vezes parabéns...
    É claro vou seguir... rsrsrsr

    Dá uma passadinha para conhecer o meu tb...
    http://lifranzoni.blogspot.com/
    Espero que goste...

    Bjinhu

    ResponderExcluir
  12. Rolava demais, fazer um livro teu. A melhor poetiza belemense na atualidade

    ResponderExcluir
  13. Amei! E a Vida é assim... minha realidade também. Diversas vezes tenho vontade de fazer muitas das coisas aqui descritas.

    Mudou a figura do Layout? AMEI!

    ;*

    ResponderExcluir
  14. É a primeira vez q passo por aki, mas fiquei extasiada com tuas palavras. Belas palavras por sinal.

    Vou e volto mais vezes.
    =D

    Beijooo

    ResponderExcluir
  15. Me identifiquei com teu texto. Lindo!
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. A imagem do layout é linda, eu adorei esse sorriso escracho, esse copinho com algum destilado. Combina com aqui, com teu texto meio rasgado, meio desabafo. Gostei muito.

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Diversas vezes vim procurar palavras

    ResponderExcluir
  18. preciso comentar que adorei? Ah.. florzinha, vc arrazou! Adorei o novo visual, ficou muito fofinho! :)

    Beijocas!

    ResponderExcluir
  19. Ai meu Deus!! Que coisa mais linda!! Sublime!!!

    Sempre escreve com a alma e por isso toca dentro da gente, como uma fada que encanta e cativa!

    Parabéns querida!! Sou sua fã, vc bem sabe.

    bjoo

    Branca

    ResponderExcluir
  20. Teus poemas são leves e cheios de sentido.
    LINDO demais menina *-*

    ResponderExcluir
  21. *teus elogios soaram como um abraço pro meu corpo =)

    isso eu aprendi a chamar de desespero contido que sai como um tufão que abala todas as nossas estruturas. chacoala chacoala, parece que vai quebrar mas no fim nem quebra.

    um beijo no seu coração

    ResponderExcluir
  22. diversas vezes veremos ou faremos coisas que mexerão com diversas emoções em conjunto.
    Escrita.
    Foi um belo poema,bem contruído,e claro,bem sentido por ti e por nós,enfim,belo.
    abraço !

    ResponderExcluir
  23. lindo lindo
    diversas são as diversas vezes que nos multilamos
    que nos transformamos
    que sentimos as várias facetas da vida e de viver.

    adorei encontrar teu canto. voltarei.

    beijos

    ResponderExcluir
  24. Nossa, estou encantada com as tuas palavras. Sério!
    És de Belém, também?! Muito bom encontrar teu blog, ainda mais sabendo que estas por aqui por perto, o que é raro de acontecer.

    Beijos pra ti.

    ResponderExcluir
  25. Acabei comentando com outra conta do gmail. Só pra você saber, sou do blog http://www.com-acucar-com-afeto.blogspot.com/. :*

    ResponderExcluir
  26. Adicionei e já te sigo também, e te espero pra uma boa conversa. Agora fiquei pensando por onde passastes pra ter me achado.

    ResponderExcluir
  27. Onde voce realmente faz o que quer?

    ResponderExcluir
  28. Diversas vezes, estão à procura de consolo, de insanidade, de calma, de adrenalina. Tudo muito contraditório, mas, que para nós de alguma forma, faz sentido. Ameeei esse post, muito bom amr!(:
    :**

    ResponderExcluir
  29. As divisões transformam-se em palavrões.
    Não desses perjorativos, mas dessas palavras grandes que demoramos a digerir, passando lentamente na garganta ate encontrar o devido lugar.

    Parabéns pelo que escreve. Gosto.

    ResponderExcluir
  30. a vida é um grande recomeço, devemos amá-la independente do que queremos ou não sentir. ..

    devemos levar a vida de um jeito com que sonhamos, mas sem tirar os pés do chão e acima de tudo:

    não deixar que as adversidades nos abale!

    ResponderExcluir
  31. Vc deveria fazer tudo o que te dá vontade,menina!!

    ;*

    ResponderExcluir
  32. clandestino(ou "a")
    adj.
    1. Feito sem as formalidades legais, e até evitando-as.
    2. Feito às escondidas.


    não sabia que tardes havia chorado
    cara bambina, isso me comove

    ResponderExcluir
  33. "Diversas serão as vezes que será preciso um recomeço,
    aprender de novo a andar, a sentir todos os prazeres
    e todas as dores que o destino guardou pra nós."

    Muito boa essa parte, adorei seu blog estou seguind. :D

    ResponderExcluir
  34. vc foi muto bem recomendada rs
    gostei dos seus poemas, principalmente do poema anterior...
    Este aqui tbm está muito bonito
    eu poderia comentar cada reação, mas seria te encher demais rs
    belo blog
    beijoss

    ResponderExcluir
  35. cada sensação descrita, de um modo que dá pra realmente sentir!

    tá lindo!

    ResponderExcluir
  36. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  37. obrigada. escreves muito bem também.

    ResponderExcluir
  38. Tem hora que a gente sente tanta coisa que não dá pra expressar... você consegue! Lindo texto!

    ResponderExcluir
  39. O texto todo tá bonito demais.
    Muto bom mesmo.

    Em especial eu destaco:
    "Diversas serão as vezes que será preciso um recomeço,
    aprender de novo a andar, a sentir todos os prazeres
    e todas as dores que o destino guardou pra nós.
    Vida."

    É sempre prciso um recomeço, depois de vitórias e derrotas sempre começa-se uma nova história.
    Beijos!
    =]

    ResponderExcluir
  40. eu digo o mesmo dos seus textos. *-*
    e realmente voce lembra a clarice, deve ser por isso que adoro seus textos.

    ResponderExcluir
  41. recomeçar é preciso. afinal, amanhecer é sempre o mais bonito!

    beijo.

    ResponderExcluir
  42. Que texto lindo comofas? D: ADOREI :3 E mais uma vez me identifiquei *-*
    "Diversas noites tenho vontade de vomitar o jantar,
    de gritar, de chorar, de abraçar alguém bem forte,
    de colo, de útero, de mãe.
    Desabafos."
    Nessa parte até achei que era sobre mim XD
    Beijos ;*

    ResponderExcluir
  43. Moça...vejo-te com flores no cabelo, destribuindo sorrisos e poesias...essa será sempre a linda imagem que carregarei de ti, sempre!
    Por diversas vezes quando leio seus encantados textos me aprisiono nesta doce imagem tua!
    Encanta-me sempre!
    Um enorme beijO!

    ResponderExcluir