segunda-feira, 15 de novembro de 2010

D-E-R-R-A-M-A-N-D-O


E então transbordo, eu que já nem lembrava mais como era isso.
É assim que estou : à flor da pele,como se algo que me impedisse de sentir,
tivesse se dissolvido, como se eu não soubesse mais me proteger.

E se me perguntam o que foi, não dá pra dar uma resposta exata,
já que são tantas coisas , e tão sentidas, que nem sei.

E ando assim, tão delicada, que tenho medo de explicar.

É que nunca choro, mas agora dôo inteira.

Todo o meu peito sente.

E aceito.

24 comentários:

  1. hi friend,could me exchange link together?
    hop we it it will be bether than now this is mine:
    http://papafuck.blogspot.com/
    http://sosexydress.blogspot.com/
    http://thaihotgay.blogspot.com/
    how we can do , thank for kindness

    ResponderExcluir
  2. hi friend,could me exchange link together?
    hop we it it will be bether than now this is mine:
    http://papafuck.blogspot.com/
    http://sosexydress.blogspot.com/
    http://thaihotgay.blogspot.com/
    how we can do , thank for kindness

    ResponderExcluir
  3. Owwn' que boom que gostastes do selo! O blog de vc's merece! É lindo! E esse texto *.*

    ResponderExcluir
  4. Amei seu post

    tbm tenho tranbordado pena que tranbordo de novidades

    ResponderExcluir
  5. É que nunca choro, mas agora dôo inteira.

    Todo o meu peito sente.

    E aceito.

    -
    descreveu exatamente o que estou passando.
    mt intensa você.
    seguindo (:
    beijos!

    ResponderExcluir
  6. Acho corretísimo se entregar e se doar, por inteira. Vc merece a felicidade e esta só acha quem se mostra presente, quem ñ teme e segue em frente.

    Vc, ou o teu imenso amor, sempre irão estar à salvos. garanto.

    ;)

    ResponderExcluir
  7. "...ogo um pouco de mim pra fora. Sou rude, foda. Mas não ligo, pois ninguém sabe quantas malas de magoas carrego comigo em meu peito. Não me entendem, não me perguntão muito menos se interessam de verdade..."

    ResponderExcluir
  8. Lindo, adorei... em cada virgula ou ponto minhas angustias se encontravam...

    ResponderExcluir
  9. Me falaram uma vez que no final tudo da certo e que se não deu certo ainda é pq não chegou o fim.

    Me iludo com isso perseverante e desmotivada as vezes
    Que o fim seja o complemento do que desejamos

    Tô sempre aqui moça ^^

    ResponderExcluir
  10. Você é sempre incrível, independente do que esteja falando.

    Lindo, lindo, lindo.
    *-*

    ResponderExcluir
  11. saudade de ler um pouco dessa tua essência! tá lindo. :)

    ResponderExcluir
  12. =) Gracias por passar no meu blog, gostei demais desse lindo texto, ele é mto profundo e intenso.
    Boa semana! Bjão

    ResponderExcluir
  13. olhaaa achei tão bonito, tão sensual (tirando cigarro ¬¬') mas vou falar, jogarei as cartas na meas e rasgarei o véu da viúva, não entendi direito =\ rsrs!

    ResponderExcluir
  14. Muito massa a sua escrita, é sempre bom descobrir talentos como o seu para a escrita na nossa faixa etária. Adoro conhecer pessoas assim, pois, também amo literatura...

    Vou lhe seguir, abraço!

    ^^

    ResponderExcluir
  15. seus textos tocam o coração da gente.
    gosto quando você escreve...

    dá leveza na alma.

    beijo moça!

    ResponderExcluir
  16. TEnho certeza que está fazendo uma diferença imensa em sua vida.
    Porque suportar á dor não é fácil, por mais que pareça estranho dizer isso, curta essa dor, vai te fazer bem no final de tudo.

    =*

    ResponderExcluir
  17. Lindo,lindo o post. E a foto é muito intima...

    ResponderExcluir
  18. Sabe, eu queria entender o por que o poeta sente as coisas tão intensamente sabe, e as vezes queria nem sentir isso e nem ser poeta.
    Mas parece que precisamos dessa dor, precisamos ficar nus ao mundo, como quando nascemos, sentir a origem do tudo.

    ResponderExcluir
  19. ''A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos,na prudência egoísta que nada arrisca e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade (...)''

    Enfrente, sinta, viva.A morte é a insensibilidade.

    ResponderExcluir
  20. Parabéns pelo seu blog. Continue com novos posts.

    ResponderExcluir