domingo, 18 de dezembro de 2016

Palpitações


 

Meu seio esquerdo em tua mão
terreno desconhecido
isolado da linguagem
tua visão logo se volta
muda contra a minha
e as duas desarmoniosas
convivem na mesma casa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário